Panificação

Fundo de investimento francês adquire duas das maiores companhias de panificação espanholas – Berlys e Bellsolà – com vista à fusão.

 

A compra dos negócios Berlys e Bellsolà pelo fundo de investimento francês Ardian foi anunciado na segunda semana de novembro, querendo o comprador fundir as duas empresas de modo a criar um dos maiores grupos do setor da panificação/pastelaria em Espanha.

Fontes próximas à operação revelaram à comunicação social que a aprovação por parte das autoridades da concorrência ainda está pendente – deve ser concluída no primeiro trimestre de 2018 – mas não revelaram os valores envolvidos.

Se dor dada luz verde à fusão das duas empresas, o grupo que daí advém terá um volume de negócios de cerca de 300 milhões de euros, contará com 1700 trabalhadores espalhados por 11 fábricas e estará em cerca de 30 países, segundo os compradores.

A Berlys, até agora controlada pelos fundos Alantra e Artà Capital, fornece produtos como pão pré-cozido, produtos de padaria congelados e produtos de confeitaria para retalho, operadores de serviços alimentares e clientes industriais. Criada em 1994, tem sede em Navarra, nove fábricas e distribui em mais de 20 países.

Já as origens da Bellsolà, com sede em Barcelona, remontam a 1890. O Landon Group Corporativo é o accionista maioritário e a empresa tem duas fábricas em Espanha que abastecem a nível nacional, além da exportação, com produtos que incluem pão pronto a comer, produtos congelados e pastelaria diversa.

 "Detectámos uma excelente oportunidade para consolidar uma empresa competitiva disposta a crescer e inovar. A prioridade da Ardian é garantir a continuidade do sucesso que ambos os projectos tiveram até agora e que a combinação de ambas as empresas beneficie seus clientes, graças a um melhor serviço, mais capacidades de inovação e uma oferta mais ampla ", referiu, a propósito, o diretor-gerente das operações da Ardian em Espanha, Gonzalo Fernández-Albiñana.

O presidente da Berlys, Julio Muñoz, será o presidente do novo grupo, enquanto Bosco Fonts, gerente geral da Bellsolà, o seu CEO. "Após o nosso crescimento contínuo ao longo dos últimos anos tanto em termos de vendas como de rentabilidade, a combinação com a Bellsolà permitir-nos-á consolidar a nossa posição no mercado graças a uma maior capacidade de produção, expansão do nosso alcance comercial e aumento do nosso potencial de inovação ", salientou Muñoz.

"A combinação com a Berlys é um passo importante para nós, e o reconhecimento do trabalho realizado pela nossa empresa nos últimos anos, e permitirá melhorar os nossos serviços e impulsionar os nossos negócios enquanto mantemos a nossa vontade de crescer e a busca constante para a melhor resposta possível aos nossos clientes ", confirmaram fontes ligadas à empresa.

Este é o terceiro acordo anunciado pela Ardian no setor de alimentos só em 2017. Em janeiro, o fundo de investimento assumiu uma participação minoritária no fabricante francês de sanduiches e biscoitos congelados Piz'wich para apoiar a expansão internacional do grupo. Um mês depois, viria a vender a sua participação na Frostkrone, fornecedora alemã de comida de conveniência congelada, à Emeram Capital Partners.